Segunda-feira, 27 de Agosto de 2012

Dardos

Dardo 1--Porque funcionam as discotecas e outros locais de diversão até de manhã ou sem limite de horário? Haverá alguma justificação para tal? Justificação existe para que tal não ocorra, e  as licenças de funcionamento deveriam conter regras para encerramento no máximo à 01 hora da manhã, com excepção para sexta e sábado que poderia ir até às 02 horas da manhã.

Com tais medidas, certamente que os desacatos e crimes por motivos fúteis  tenderiam a diminuir.

Porque não exercem as autoridades o seu direito/dever de cuidar da segurança dos cidadãos ordeiros e pagadores de impostos? Porque não se põe na ordem esses bandos de aves nocturnas, que ao invés de trabalharem, apenas dormem durante o dia e causam problemas durante a noite?

Basta já de impunidade e de falta de respeito por quem contra tudo e todos ainda vai trabalhando e pagando impostos.

Precisa-se urgentemente de Governantes competentes a todos os níveis da administração, que governem sem pensar se a sua acção lhes dá ou retira votos.

Se não têm coragem ou competência, demitam-se!".

 

Dardo 2-- O sr. Relvas ainda não percebeu que calçou um sapato apertado para o seu pé? O Sr. Primeiro Ministro não se apercebe que aquele elemento (o sr.. Relvas) é o duque do baralho?

 

É de todos consabido que a RTP não presta serviço público nenhum, e que apenas existe para estar ao serviço dos partidos do governo que, com a mesma frequência com que entram e saem do poleiro, enxameiam a RTP e outros organismos públicos dos seus boys, tornando estes organismos públicos em máquinas de sorver dinheiro aos contribuintes. É assim desde o 25 de Abril, e na RTP, como noutras, ainda lá existem em prateleiras douradas"pagos a peso de ouro" alguns figurões que sempre estiveram à ordem de clientelas políticas.

Vamos chamar as coisas pelos nomes: há jornalistas, administrativos, comentadores, e sobretudo administradores a mais  na RTP. Se há pessoal a mais, faça-se o que se faz em qualquer empresa sem capitais públicos: racionalize-se esses activos, a começar pelos não produtivos; cortem-se as mordomias e reduza-se o vencimento aos administradores de coisa nenhuma. Ponha-se a RTP 2 a funcionar como serviço público de facto, com programas vocacionados a essa finalidade e não com programas escolhidos e comprados ao sabor de interesses clientelares.

 

Se tudo isto for feito, não haverá necessidade de dotar a RTP com tanto dinheiro que é pago por todos nós, nem de concessioná-la. A concessão anunciada pelo vampiro Sr. Borges "cozinhada com o sr. Relvas" mais não é do que uma jogada semelhante às parcerias público privadas, mas, de resultados ainda mais nefastos, pois que, de futuro, ficará ao serviço dos partidos que agora lhe dão forma.

Daí a razão maior da indignação do PS que se vê no futuro a ficar de fora da máquina de propaganda que é paga por todos nós.

 

Afinal, que gestores tem este governo que nem sequer é capaz de gerir um canal de televisão? Penso que até os terá, mas, falta-lhes aquilo que têm os forcados portugueses quando enfrentam o bruto. Falta-lhes a coragem, por isso, demitam-se e entreguem o País aos militares novamente.

 

É presumivel que estes respeitem a constituição.

 

 

publicado por etario às 21:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Agosto de 2012

POBRE POVO

Entre o neo liberalismo activo , representativo de um capitalismo manhoso,  sem escrúpulos e insaciável de dinheiro e poder, e a irresponsabilidade de alguns dirigentes sindicais igualmente manhosos, calculistas e ciosos de justificar as mordomias de que beneficiam pelo facto de o serem "dirigentes sindicais", a maioria obedecendo a ordens dos partidos políticos que os colocaram nessa posição de privilégio, fica o saco de boxe  que se chama povo.

 

Este saco de boxe de tanto levar de uns e de outros, está algo esfarrapado, e, sem culpa directa do estado de farrapo a que chegou, ainda tem que suportar os custos altíssimos  dos remendos necessários.

 

Uns e outros, capital e sindicatos, parecem viver em mundos distantes da realidade quotidiana daqueles a quem sugam a seiva que lhes permite apresentarem-se como arvores frondosas  num jardim seco e decrépito. Os primeiros "o capital", porque embora sabendo o estado calamitoso do País, continuam a voragem, deixando pelo caminho os esqueletos daqueles que aniquilaram e que têm suportado os impostos, pouco ou nada se importando se no advir todos seremos esqueletos. Os segundos "os sindicatos" [especialmente os das profissões ditas estratégicas, quase todas ligadas ao sector público estatal], porque, independentemente dos prejuízos astronómicos causados pela gestão danosa destas empresas , não hesitam em promover greves que têm como resultado final o agravamento desses prejuízos e, consequentemente, o agravamento das condições de vida daqueles que têm de pagar esses desvarios.

 

Seria bom que os dirigentes sindicais (alguns na ansia de visibilidade televisiva) promovessem a denúncia da gestão danosa de que são alvo algumas empresas públicas e, não se servissem dessa circunstância para reivindicar aumentos de salários (que todos temos de pagar) que já estão muito acima do razoável, e só possiveis em empresas sustentadas com o dinheiro sugado a  todos os que fazem parte do saco de boxe.

 

De um lado e de outro, haja contenção e respeito por todos os que na revolta do silêncio se vão resignando e pagando, mas não se dá doutrina a um estômago vazio, e a paciência tem limites.

 

 

 

publicado por etario às 19:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. ...

. PRIVATIZAÇÕES

. A BEM DA NAÇÃO

. FEUDALISMO

. ORDEM DOS ADVOGADOS

. DARDOS/HIPOCRISIA

. INCÊNDIOS

. Dardos

. POBRE POVO

. Respeito

.arquivos

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds