Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

O snr Bastonário da OA

Por mera casualidade, hoje dia 19/07/2010, enquanto almoçava, liguei a TV, e, fazendo zamping nos canais, no período compreendido entre as 14 e 15 horas deparei com o Snr Bastonário da Ordem dos Advogados num programa de entretenimento, fútil, vazio de conteúdo, especialmente dirigido a um público especialmente feminino e, com toda a certeza, a maioria, ociosos. Uns por idade, outros por hábito, mas a maioria por desqualificação profissional crónica "faço-me entender?".

 

Perante tamanha bizarria, fiquei por ali a ver no que a coisa ia dar; e, as minhas expectativas não saíram frustradas, pois havia-me interrogado acerca do que faria ali, àquela hora,  falando para um público que, com toda a certeza, não estaria minimamente interessado nos desaforos do Snr Bastonário.

 

Na verdade, o Snr Bastonário e a sua limitada entrevistadora, tentavam apresentar a obra prima saída da lavra do Snr Bastonário, ou seja, um livro que naturalmente falará de Direito, "segundo a esclarecida visão do Snr Bastonário".

 

A imagem era patética! o Snr Bastonário a falar da sua vida desde que nasceu, dando a sua imagem de coitadinho menino pobre, de lutador anti- fascista, da sua detenção pela PIDE e, mais tarde, de coisas ligadas ao Direito, para uma plateia, , em que  a maioria dos espectadores televisivos daquele tipo de programas, está é preocupada com quem será a mãe do filho do Cristiano Ronaldo.

 

Fiquei a pensar que, o Snr Bastonário não tem a noção da dignidade do cargo que desempenha.

Que a sua necessidade de protagonismo é patológica, e que, na sua ânsia de aparecer a qualquer preço, vai ao ponto de fazer campanha eleitoral  num programa de televisão em que, os conteúdos deste, e o seu público alvo se estão borrifando para a auto apregoada coragem do Snr Bastonário.

 

Neste programa, o Snr Bastonário ofendeu de forma grosseira e grave a classe dos Juizes Portugueses, e a justiça em geral.

 

Sendo Advogado, só um individuo em estado de incapacidade acidental poderia produzir tais afirmações, ou então, emitiu declarações não sérias.

 

 

 

 

publicado por etario às 18:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 17 de Julho de 2010

Assim não

Como resposta às inúmeras perguntas do porquê da retirada do "Post Assim não", cumpre a seguinte informação:

 

1º- O autor do post "assim não" inserto neste blog, foi confrontado por um comentário ao disto post, pelo qual era acusado de falta de rigor na informação prestada, e ou falta de se haver informado convenientemente da veracidade da informação sobre a qual consubstanciou a sua opinião.

 

2º- Emocionalmente, o autor do dito comentário acusava igualmente o autor do post "assim não"de querer denegrir a imagem de pessoas sérias deste Concelho.

 

3º- Ora, o autor deste Blog e autor do post "assim não", jamais publicou ou publicaria qualquer artigo de opinião visando negativamente pessoas ou instituições, políticas ou não, individualmente consideradas. Outrossim, sempre que os posts insertos versam sobre assunto que indirectamente possam ser direccionados a alguém ou algures, o autor consubstancia essa opinião em informação que, no seu entender merece credibilidade.

 

4ºE, desta vez, no post "assim não", a opinião expressa acerca dos motivos que levaram ao embargo da obra do Centro Escolar de Fazendas de Almeirim, para além de considerações jurídicas, estava baseada em informação que tinha a obrigação de ser verdadeira.

 

5º Pelos vistos, e fazendo fé na afirmação do autor do comentário (pessoa que respeito e tenho como amigo), desta vez, a informação não estaria correcta.

 

6º Logo, NA DÚVIDA DA CREDIBILIDADE DA INFORMAÇÃO, no respeito pela verdade material dos factos e, na observância ao princípio do rigor que norteia as condutas do autor do Blog, outra solução não haveria que, retirar de imediato o post "assim não" , e, apresentar desculpas à oposição política do Concelho de Almeirim abstractamente considerada, já que, igualmente abstractamente considerada, era esta acusada no post, de ser a denunciante do motivo que levou ao embargo de uma obra de primordial importância para o Concelho de Almeirim, especialmente para as crianças de Fazendas de Almeirim.

 

EIS POIS, OS MOTIVOS QUE LEVARAM À RETIRADA DO POST "ASSIM NÃO"

 

 

publicado por etario às 15:56
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. ...

. PRIVATIZAÇÕES

. A BEM DA NAÇÃO

. FEUDALISMO

. ORDEM DOS ADVOGADOS

. DARDOS/HIPOCRISIA

. INCÊNDIOS

. Dardos

. POBRE POVO

. Respeito

.arquivos

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds