Domingo, 10 de Junho de 2012

LÁ COMO CÁ II

Em Maio/2012, foi aqui deixado um post com título  "lá como cá"; volta-se hoje ao título de Maio porque o assunto, embora diverso, tem conexão.

Queiramos ou não, o Iberismo económico é um hoje um facto que a facilidade e velocidade de comunicação ampliou e tornou mais evidente. Assim, como rsultado do Iberismo é notório que o que ocorre em Espanha tem influência quase directa e imediata em Portugal.

 

Nos últimos anos foi este espaço geográfico (Ibéria) governado por Governos da mesma tendência política, e o resultado de tal modelo de governação está à vista de todos. O descontrolo das contas Públicas, o não exercício do poder de controlo pelos orgãos que tinham o dever e a obrigação de o fazer, o favorecimento de clientelas políticas e todo o rol de desmandos que lançaram os respectivos Países Ibéricos na dependência dos vampiros que, "anteriormente na sombra e agora já não" controlam como lhes apetece as marionetas da política. Isto, claro, em benefício próprio, mas, em desfavor do Povo, por quem nutrem um desrespeito ofensivo.

 

Lá, como cá, vão ser as mesmas as vítimas de resgate financeiro; por cá, o sangue quase está esgotado e os vampiros vão em busca de nova manada (como está actual Zeca Afonso!) para se saciarem.

 

Desta vez, o alvo é de dimensão considerável;  a Espanha (4ª economia Europeia) terá um tratamento (pelo menos de início) mais favorável, mas ainda assim, os custos do resgate à economia Espanhola terão consequências graves para Portugal derivadas do Iberismo económico. É tempo de dizer basta! Basta de esbulho, de roubo aos Povos que sem culpa têm de pagar os desmandos e  conluios de políticos desonestos e incompetentes.

 

Com o Banco Central Europeu a conceder financiamentos com custos a menos de 1% e, estes a serem cedidos aos Países  que dele carecem a valores acima de dois dígitos a Chanceler Merkel e o F.M.I. conseguirão pela via económica o que Hitler não conseguiu pelas  armas, ou seja, aniquilar e subjugar a Europa.

 

A Ibéria económica (Portugal e Espanha) não precisa da união monetária "pelo menos nestes moldes" e, deveria sair desta o mais rapidamente possível deixando aos vampiros do F.M.I e B.C.E. "encabeçados pela Alemanha" as mesmas possibilidades de um credor perante um devedor insolvente. Quer dizer: receber quando fosse possivel pagar.

 

A influência Ibérica no mercado geograficamente global é superior à da União Europeia formada pelos Países da União Monetária, e como tal, a Ibéria deveria exigir mais respeito e mais tempo para saldar os seus compromissos, já que, estes são derivados de negociatas nem sempre claras  entre o capital credor e os políticos e banqueiros menos sérios.

 

A Ibéria, (Portugal e Espanha), a América Latina, os Países Africanos Lusófonos e o Brasil não são mercados que se tenham por inexistentes. Representam muitos milhões de euros que por via do Iberismo económico poderão ter destino diverso do actual.

A senhora Merkel e os Vampiros do F.M.I. deveriam ter isso em conta e, sem deixar de ser rigorosos na colheita dos frutos das suas negociatas manhosas, poderiam dilatar um pouco mais os prazos de recebimento, aliviando assim o sacrificio de quem é sancionado sem culpa, ou seja, do Povo pagador.

 

Lá, como cá, pode ser que um dia a tampa salte e os responsáveis sejam chamados a responder pelas suas canalhices.

 

 

publicado por etario às 19:41
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. ...

. PRIVATIZAÇÕES

. A BEM DA NAÇÃO

. FEUDALISMO

. ORDEM DOS ADVOGADOS

. DARDOS/HIPOCRISIA

. INCÊNDIOS

. Dardos

. POBRE POVO

. Respeito

.arquivos

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds