Terça-feira, 5 de Julho de 2011

agências de rating

Sou assumidamente anti comunista; não por não concordar com a doutrina de que emana, mas tão somente pela demonstração de inaplicabilidade de tais doutrinas, de que são exemplos vivos os Países onde vigorou tal regime.

 

O comunismo é pois uma utopia que, como qualquer outra, disso não passa. É imaterial, ideológica e por culpa dos homens tornou-se violenta demagógica e cerceadora de todas as liberdades que apregoava.

 

Milhões pagaram com a vida o ousarem discordar das suas doutrinas, ou maiormente, por não conseguirem atingir as metas que lhes eram impostas pelos tecnocratas do Partido do poder.

 

Mas, isto são contas de outro rosário e serviu apenas de intróito para dizer que sendo anti comunista, desta vez tenho de concordar com o defendido pelo Snr. Jerónimo de Sousa "grande timoneiro do PCP Português".

Não sei se as afirmações que profere têm em vista o bem do País, ou antes o ataque a tudo o que não seja Comunista. De igual modo não consigo perceber porque ainda continuam a usar a sigla Comunista quando é sabido que o Comunismo nem como utopia é tolerado especialmente nas zonas e Países donde nasceu, se manteve, e donde veio a definhar acabando por morrer.

 

Pois bem; mesmo que só por ideologia, o Snr. Jerónimo de Sousa está contra a Troika (mesmo com K) e, na minha modesta opinião, desta vez tem razão.

A troika representa o capitalismo puro e duro; é por culpa do capitalismo sem rosto e desumano que as Nações atravessam curtos períodos de prosperidade e prolongados de desalento. O capitalismo dá com uma mão o que tira com as duas, retirando sempre mais do que dá. Em certo período da idade média era proibida a prática  de empréstimo a juros. Já por essas épocas a gula dos judeus endinheirados eram causa de guerras entre as Nações.

 

O Fundo Monetário Internacional representa hoje o que os Judeus usurários representavam na idade média. São um conglomerado de Bancos que emprestam com uma mão às Nações, para depois sacarem com todas as mãos o que emprestaram, mais aquilo que puderem em juros, ficando assim cada vez mais poderosos.

 

As agências de Rating são a guarda avançada que prepara o terreno para que as Nações que têm a infelicidade de lhes caír nas garras fiquem cada vez mais depauperadas.

 

Mas afinal quem são as Agências de Rating? Quem são a Standard and Poors, a Moody's ou a Fitch? Quem são os patrões destes vampiros a soldo?

Não é dificil a resposta; os verdadeiros patrões destes experts da finança que se movimentam numa espiral de deve e haver sem rosto, são os Bancos que formam o conglomerado do FMI.

São os gangsters dos tempos modernos; em vez de armas para executar o esbulho violento, o saque, e a agiotagem usam os rácios que de moto próprio manipulam levando a que os juros subam desmedidamente a níveis incomportáveis.

E, não se importam que um pequeno País como a Grécia fique completamente depauperado e insolvente devido ao roubo que representa as taxas de juro a que o submetem, pois que, isso é motivo para ser apontado como exemplo, e poderem continuar a roubar a outros Países, como Portugal, a Irlanda e futuramente a Espanha.

 

Tem razão o Snr Jerónimo de Sousa! Estes vampiros deviam ser corridos de Portugal e serem obrigados a renegociar a dívida em termos e prazos que nos permitissem honrar os compromissos assumidos por Governantes que, estes sim, deviam estar em reclusão pelo crime de lesa Pátria.

Que fique bem claro; as agências de rating já calcularam quanto irão os Bancos perder se a Grécia ficar insolvente e, como tal, haverá que sacar o máximo a Portugal e aos outros Países devedores de molde a que ainda fique muito dinheiro em saldo para além do que eventualmente deixarão de receber da Grécia.

publicado por etario às 22:02
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. ...

. PRIVATIZAÇÕES

. A BEM DA NAÇÃO

. FEUDALISMO

. ORDEM DOS ADVOGADOS

. DARDOS/HIPOCRISIA

. INCÊNDIOS

. Dardos

. POBRE POVO

. Respeito

.arquivos

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds